Europeias 2019 - Carlos Moedas: "Foram cinco anos perdidos para a Europa?"

Faltam poucos dias para as eleições europeias. Com o Reino Unido a tentar aviar as malas e com uma extrema-direita cada vez mais forte, ninguém duvidará que o cenário político dos próximos cinco anos serão ainda mais difíceis do que nos últimos dez. Não há qualquer luz ao fundo do túnel. Os partidos do centro afundam, os socialistas europeus têm cada vez menos peso e capacidade propositiva para ser uma alternativa aos populares e o PPE está totalmente comprometido com o impasse em que a União se encontra, sem qualquer capacidade de propor novas saídas. Carlos Moedas, a quem o Bloco de Esquerda chamou de “ministro da troika”, é o rosto português da Comissão Europeia. Foi escolhido por Passos Coelho e ainda não sabe se terá o seu mandato renovado. Tem a pasta da Investigação, Ciência e Inovação e falamos disso. É militante de um PSD em crise e também falamos disso. Mas do que falamos mesmo, a dias das eleições europeias, é de Europa.

Subscreva e apoie este projeto jornalístico independente em www.patreon.com/perguntarnaoofende

Podcast ao vivo: www.facebook.com/events/861391494249884/

Feed RSS: bit.ly/perguntarnaoofende
iTunes: bit.ly/itunesperguntarnaoofende
Mixcloud: bit.ly/mixcloudperguntarnaoofende
SoundCloud: bit.ly/soundcloudperguntarnaoofende

Produção: João Martins
Música: Mário Laginha
Ilustração: Vera Tavares